sexta-feira, 29 de agosto de 2008

...
Oba! O fim de semana chegou


Se até ele toma uma pra refrescar, tomarei também pra não deixar por menos. Afinal, hoje é sexta, dia de gelada.
...
...

Dia mundial sem o tabaco



Eu sou o exemplo vivo de que, quando se quer, é possível parar de fumar. Há mais de três anos não ponho um cigarro em minha boca. Desde então ganhei mais qualidade de vida, além de adotar uma postura politicamente correta que sirva de exemplo a meus filhos, amigos e outros que por ventura pretendam parar de fumar.

Comecei cedo, por volta dos 14 anos. No início eu apenas acendia o cigarro para os amigos e dava umas tragadinhas de vez em quando para sentir como era o gosto. Eu achava bonito fumar. Para mim era um hábito elegante. Espalhava-me nos homens e mulheres que fumavam no cinema. Eles eram o máximo. Assim achava.

Felizmente parei, mas não foi por causa dos problemas de saúde ou por causa dos alertas nas campanhas antitabagistas. Esse tipo de argumento não sensibiliza o fumante e não o faz parar de fumar. Sei disso por experiência própria. Vi meu pai morrer de câncer. Foi uma cena horrível, mas nem isso me fez querer parar.

O que me motivou pelo fim do vício foi a mudança de consciência que se instalou na sociedade a partir da década de 1990. Desde então pude perceber que fumar não era mais bonito. Pelo contrário, se tornou um hábito feio, nojento e anti-social.

Eu passei a me sentir mal de fumar em locais públicos, principalmente em mesas de bar. Sempre que sentia vontade eu me afastava para dar umas tragadas. Perdia sempre boa parte das conversas com os amigos.

O cheiro que ficava em minha roupa e em meu cabelo nunca era percebido por mim, mas incomodava as pessoas ao meu redor, principalmente minha mulher e minha filha. Aos poucos percebi que eu podia ser relapso para com minha vida, mas não podia ignorar o mau que fazia à saúde daqueles que me queriam bem.

Quando tomei a decisão de parar não tinha dúvida de que estava preparado e que era a hora certa para isso. Fiz duas tentativas utilizando chicletes e adesivos de nicotina. A primeira foi frustrada, mas na segunda obtive sucesso total e hoje me sinto bem pela decisão que tomei. Não foi fácil, mas consegui.

Uso o meu exemplo para mostrar que o alvo das campanhas que o governo federal vem promovendo com o apoio dos Estados e municípios estão com o foco errado. Todo fumante sabe dos riscos do tabaco para o seu organismo e falar do câncer, do enfisema pulmonar ou dos dentes estragados não o fará parar. Mas se lhe for mostrado o quanto ele incomoda, o quanto o seu hábito é feio e repugnante, creio que a eficácia será maior.

É esse tipo de mensagem que tem que ser repassada aos jovens. Nos dias atuais eles começam mais cedo a beber e a fumar e isso acontece, na maioria dos casos, por que acreditam que o ato de fumar lhes dá aparência madura, ou que ficará mais moderno e elegante. As campanhas têm que mudar esse tipo de concepção, fazendo com que os jovens percebam o quanto estão fora de moda.

Hoje acontece em todo país uma dessas campanhas. A data foi antecipada, pois é domingo, dia 31, que foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial sem Tabaco. O tema desse ano será “Ambiente livre de fumo é direito de todos”. Por si só ele já deixa claro que a idéia é inibir o fumo em locais públicos, mas, ao que parece, os discursos serão novamente voltados para o quanto é prejudicial para a saúde o fumo. Nada se fala sobre o quanto é feio fumar, seja em público ou reservado.

Dois grandes amigos colegas de trabalho ainda fumam. Pretendo fazer uma campanha aqui no Página 20 para que parem também, assim como eu e outro colega que também optou por uma vida mais sadia, mas usarei tática diferente e os convencerei, tenho certeza, de que suas presenças me serão mais agradável quando estiverem mais cheirosos e com sorrisos mais belos sem o amarelidão do cigarro. Essa é minha meta e espero que, no próximo ano, esteja escrevendo nesse mesmo espaço no dia de hoje para contar que obtive sucesso.

...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

...
Procuradas

A a Delegacia Especializada em Crimes de Novelas da cidade do Rio de Janeiro, investiga o macabro plano de fuga engendrado pela personagem Donatela, de "A Favoritas".

A meliante teria cortado o seu cabelo para disfarçar-se e pretendia fugir para o Acre, onde se esconderia na Cidade Cenográfica de Porto Acre. No Estado ela contaria com o apoio da não-menos perigosa Andréa Zílio.

Ao saber que o plano foi descoberto, Andréa, que era vista freqüentemente no Brucutu Lanches, fugiu da cidade tomando rumo ignorado.X9s, porém, dizem tê-la visto recentemente na cidade de Cruzeiro do Sul. Diligências estão sendo montadas para prendê-la antes que ela fuja pela fronteira do Peru e resolva fazer uma ponta em novelas mexicanas.

...

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

...
Matando o trabalho


Descobri recentemente porque as pautas da repórter Renata Brasileiro não andam rendendo muito. Mesmo prenhe de três meses ela não consegue largar o vício do jogo e das cervejadas acompanhada do malfazejo Marcos Vicentti.

Seu esposo, o jovem comportado e trabalhador Samir Furtado, não sabe onde ela anda gastando o seu salário, mas o que comenta-se é que ela já vendeu até o berço do rebento para gastar nas rodadas de sinuca.
...
...
Mais calor


Outra sugestão para aplacar o calor é essa aí: muita cerveja gelada.

...
...
Que calor!


Com o calor que faz nos últimos dias, só mesmo um bainho de banheira. De preferência assim, muito bem acompanhado.

...

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

...
Wescley, o multimídia



Esse que está se contorcendo para fazer uma boa foto é o multimídia Wescley Camelo. Ele é um dos diagramadores do Página 20, diga-se de passagem, um dos melhores do Acre. Ele também é repórter esportivo e adora a cobertura de eventos como o campeonato de MotoCross. Notem que em seu bolso direito traseiro está o bloquinho de anotação, o que significa que, além da foto, ele também escreve o texto da página esportiva e, ao final, trata as fotos e diagrama a página. Só falta mesmo imprimir o jornal e vender nas bancas. Ao seu lado está um amigo que atua como o seu câmera mam, pois o Wescley também edita os vídeos que são publicados no site Grande Área.



Nesta outra foto Wescley aparece em merecido descanso sob a sombra de uma árvore. Ao seu lado o câmera, que funciona como seu fiel escudeiro. O clique é do também multimídia Diego Gurgel, estiloso e competente fotógrafo do jornal A Gazeta.

...

sábado, 23 de agosto de 2008

...

O Página 20 não é mais o mesmo



O Página 20 já teve fama de ser o lugar com a maior concentração de pegador do jornalismo acreano, mas ultimamente as coisas têm mudado um pouco. A nova geração de jornalistas não tem o mesmo vigor olímpico daquela que formou o Galinho Bom de Briga. Um exemplo é esse moço aí da foto. Ele é oriundo de família bem conceituada. Até bem pouco tempo era o orgulho de sua mãe, uma senhora distinta que sempre lhe deu bons conselhos. Ultimamente resolveu assumir que sua preferência pela ginástica rítmica e nado sincronizado. Pretende pedir demissão para treinar com Diogo Hipólito e já anda de olho nas varas da Fabiana Murer. Nessa foto recente, ele mostra toda sua sensibilidade em foto feita exclusivamente para a revista G Magazine Esportes.

...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

...
Happy hour no Brucutu



Fim de semana chegando pede uma geladinha no fim do expediente. Recentemente reuni com uns amigos para um happy hour animado no Lanche do Brucutu, que é esse sujeito que aparece em destaque na foto. No evento compareceram Reobe, Lamlid Nobre, Sol, Andréa Zílio, Marcos Vicentti e eu. Boa comida, cerveja gelada e bom humor foi o que não faltou.

Aliás, fica aqui a dica do Brucutu Lanches, o patrocinador oficial do Blog. O lanche está localizado logo ali, em frente à igreja Nossa Senhora da Conceição, na Gameleira.

...
...
Oba! O fim de semana chegou
.



Mas cuidado com a manguaça



...
...
Cobra no estádio



O estádio José de Melo não é mais o mesmo. Antes palco das mais importantes decisões do futebol acreano, agora tornou-se o local preferido para a visita de cobras. Na semana passada essa gibóia foi vista em "treino tático" próximo à grande área esquerda do compo. Os bombeiros foram chamados e animalzinho retirado do local.

...

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

...

Língua de sogra


Mulher é condenada por acusar
genro de trair sua filha


Uma sogra terá de pagar R$ 2.075 ao genro por acusá-lo, indevidamente, de trair a filha dela. Para a17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a acusação injusta de adultério ofende a honra e dá motivo para indenização por danos morais.

O técnico de mecânica da cidade de Santos Dumont (MG) separou-se em 1999 de sua primeira mulher, com quem teve um filho. Dois anos depois, começou um relacionamento com outra mulher. A guarda do filho ficou com o técnico depois que a mãe mudou-se para o exterior. A ex-sogra fez um acordo com o técnico para que pudesse visitar a criança nos finais de semana.

Em abril de 2003, a criança não quis acompanhar a avó e a tia em uma visita de final de semana. Elas acionaram a Polícia Militar e acusaram o técnico de manipular a criança e de adultério. As duas ainda disseram que a atual mulher era amante dele quando era casado com a primeira mulher.

O casal ajuizou ação de indenização por danos morais alegando que a honra foi denegrida. Na primeira instância, o pedido foi negado. No entanto, o desembargador Eduardo Mariné da Cunha, relator do recurso no TJ mineiro, considerou que as provas revelam que a sogra “agiu com destempero ao afirmar, em público, que os requerentes mantiveram um relacionamento amoroso extraconjugal”.

O desembargador ressaltou ainda que o adultério configuraria, na época dos fatos, crime previsto no Código Penal, o que torna a acusação uma calúnia. Por isso, a indenização é devida.

Processo 1.0607.05.025482-2/001

Revista Consultor Jurídico, 20 de agosto de 2008


(dica de Glenn Kelson)


...

domingo, 17 de agosto de 2008

...
Quem quer ser vice
do Edvaldo Guedes?



(Dica de Ana Paula Batalha)

...

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

...

DÚVIDAS DE ADVOGADAS LOIRAS



1 - Quem é canhoto pode prestar vestibular para Direito?

2 - Levar a secretária eletrônica para a cama é assédio sexual?

3 - Com a nova Lei Ambiental, afogar o ganso passou a ser crime?

4 - Dizer que gato preto dá azar é preconceito racial?

5 - Cabe Recurso Adesivo no absorvente da mulher ativa?

6 - Quantos quilos por dia emagrece um casal que optou pelo Regime Parcial?

7 - Qual a capital do estado civil?

8 - Pessoas de má fé são aquelas que não acreditam
em Deus?

9 - Tem algum direito a mulher em trabalho de parto sem carteira assinada?

10 - Cabe relaxamento de prisão nos casos de prisão de ventre?

11 - Seria patrocínio o assassinato de um patrão?

12 - A gravidez da prostituta, no exercício de suas funções, caracteriza acidente de trabalho?

13 - A Marcha Processual tem câmbio manual ou automático?

14 - Se um motel funciona somente das 8 às 18 horas,
podemos dizer que ali só ocorrem Transações Comerciais?

15 - Podemos dizer que a vida processual é cheia de autos e baixos?

16 - Provocar o Judiciário é xingar o juiz?

17 - Será que a Câmara dos Deputados possui flash automático?

18 - O filho do bispo Edir Macedo será um herdeiro universal?

19 - Para que ocorra um tiro à queima roupa é preciso que a vítima esteja vestida?

20 - Se enfiarmos o dedo na tomada de preços dá choque econômico?

21 - Quando uma prostituta usa uma camisinha durante o ato sexual,
podemos dizer que ocorreu uma legítima defesa putativa?

22 - Qual a influência da macumba no despacho saneador?

23 - O infanticídio ocorre quando alguém dá para uma criança uma Fanta envenenada?

24 - O Superior Tribunal de Justiça tem esse nome porque fica no último andar do edifício?

25 - Analogia é a ciência que estuda a vida das anãs?

26 - Massa Falida é um bolo que não deu certo?

27 - Aplicação das Normas Jurídicas no Espaço ocorre quando há julgamento na lua?

28 - Leis Concretas são aquelas elaboradas por pedreiros?

29 - Testamento Cerrado é aquele em que os filhos herdam dos pais
fazendas no interior de Goiás e Mato Grosso?

30 - Bens Móveis são os fabricados em marcenarias?

31- O 'arroz com feijão' pode ser considerado uma receita pública?

32 - Direito Penal é aquele que trata das relações entre aves?

33 - Queimadura de terceiro grau é aquela que ocorre no curso universitário?

34 - Signatários são os caras que inventaram o horóscopo?

35 - Para que ocorra uma prisão de ventre é necessário haver flagrante?

36 - Nesse caso, cabe Habeas Corpus ou KY?

(Colaboração de Alissandra Lima)


...

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

...
À espera da
inclusão digital

...

...
Blogueiro folgado


...

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

domingo, 10 de agosto de 2008

...
O mais lindo presente
do mundo


Não há nada mais gostoso do que receber o
carinho dos filhos no Dia dos Pais!

...

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

...
Brucutu e seu novo amigo


Brucutu é o nome desse simpático sujeito da foto, proprietário do Brucutu Lanches, localizado em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro 15. Na quarta-feira ele encontrou esse caranguejo nas margens do Rio Acre e planejava degustá-lo como tira-gosto. O problema é que Brucutu se afeiçoou ao bichinho, que se transformou em sem companheiro de copo e seu confidente. Depois de muitas geladinhas, os dois se tornaram amigos e agora não saem mais para as noitadas sem a companhia um do outro.

...

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

...

Redação All Star


O pessoal do Página 20 é o que se pode chamar de redação afinada da cabeça aos pés, literalmente. Além do bom humor e do gosto pelo etílico, agora todo mundo resolveu curtir o mais gostoso dos calçados, o All Star (depois das Havaianas e do saudoso Conga, claro).

Na foto acima, Marcos Vicentti, Marcela Barrozo, Francisco Braga, eu e Ronaldo Spock exibimos o novo xodó, matando de inveja as colegas Renata Brasileiro e Val Sales. Na foto abaixo, os lustrosos de Marcos, Marcela, Braga, Ronaldo e deste que lhes escreve, respectivamente.

...

...

Transporte escolar


...
...

A mensagem das urnas


No último dia 4 a Ufac passou por um processo eleitoral importante, quando foi eleita a nova reitora da instituição, a doutora em Letras pela UFRJ, Olinda Batista. Ela foi eleita com pouco mais de 50% dos votos dos professores, técnicos e alunos, mas teve grande rejeição entre os alunos.

Esse pleito teve caráter diferente dos anteriores. Foi essa a primeira vez que o voto dos três segmentos que compõem a comunidade universitária se equiparou. Isso graças ao voto paritário, recém aprovado pelo Conselho Universitário.

A nova forma eleitoral, defendida pela União Nacional dos Estudantes já vem sendo empregada com sucesso na maioria das instituições de ensino superior e no Acre não foi diferente. A eleição do dia 4 não apenas escolheu a primeira mulher a dirigir a Ufac, mas inaugurou uma nova relação institucional onde os interesses dos alunos não mais deverão ser ignorados pela reitoria.

Antes, a relação eleitoral era injusta e valorizava bem mais o voto dos professores em detrimento do dos técnicos universitários e alunos. O voto dos professores valia 70%, enquanto que os dos alunos apenas 15% e dos técnicos 15% também. Vejam o poder que tinham os docentes no processo eleitoral.

Para se eleger, o candidato a reitor devia apenas assumir compromisso apenas com os professores e nessa negociação valia tudo, desde a autorização para a participação em um curso de mestrado ou doutorado, quanto o afastamento desse ou daquele professor que não se enquadrava com os interesses do grupo majoritário. Enquanto isso os alunos sofriam com a falta de professores e com os mais diversos problemas de administração acadêmica. A maioria dos alunos passa quatro, cinco ou seis anos sem se quer ver a cara do reitor, com exceção daquelas aparições na televisão ou no jornal. Não fosse por isso, os alunos se quer saberia quem realmente é o reitor da Ufac.

Os técnicos também foram depreciados nesse processo. Foram raras as vezes que foram levados a sério em suas reivindicações.

Olinda foi eleita, mas jamais vai poder ignorar a mensagem que as urnas lhe deram. Se ela quiser ser reeleita ou fazer seu sucessor, não vai mais poder ignorar os alunos. A sua administração terá que levar em consideração que a instituição existe em função deles e que para eles que foi fundada. Não dá mais para conviver com a falta de professores, com as incertezas sobre a grade curricular, com a certeza de que na Ufac entrar não é difícil, mas sair é que são elas.

As salas de aula são insalubres em sua maioria. As cadeiras são desconfortáveis. Falta giz. Falta louza. Os banheiros são fétidos e o principal: falta professores. Esses são apenas alguns dos muitos problemas que são ignorados pela administração, mas que afeta diretamente o alunos e seus rendimentos escolares.

A relação desigual na hora da escolha dos reitores transformou os alunos em qualquer coisa, menos em peso político com capacidade para influir e mudar a realidade acadêmica, mas outros fatores também contribuíram para tanto, como a falência do movimento estudantil e a falta de lideranças capazes de aglutinar e sugerir propostas em benefício da classe. Talvez agora, com o novo momento de democracia que viverá a academia, esse cenário possa mudar e os alunos acordem para reivindicar o que lhes é de direito.

...

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

...
Por superávit, país corta
educação no trânsito


No primeiro semestre, Denatran só aplicou 13,8% da verba que deveria destinar a cursos e trabalhos de prevenção de acidentes

Nível de congelamento é recorde desde 1998, quando foi adotado o código de trânsito; R$ 1,46 bi deixou de ser investido em 10 anos


ALENCAR IZIDORO
RICARDO SANGIOVANNI

Ao mesmo tempo em que aumenta a rigidez contra os condutores alcoolizados e planeja um reajuste de 64,5% no valor das multas de trânsito, a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) descumpre seu papel de investir os recursos que, por lei, deveriam ser destinados para educar motoristas e pedestres e prevenir acidentes.
O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), ligado ao governo federal, usou no primeiro semestre só 13,8% do dinheiro que recebeu do DPVAT (seguro obrigatório pago por donos de veículos) e do Funset (fundo nacional das multas).
Nesses seis meses, deixou de investir R$ 217,4 milhões que tinham de ser usados exclusivamente em ações como educação e segurança do trânsito.
O nível de congelamento desse dinheiro é recorde desde 1998, ano de implantação do Código de Trânsito Brasileiro -apesar da necessidade citada por especialistas de preparar e orientar os condutores, por exemplo, para a lei seca, que entrou em vigor em 20 de junho.

Para continuar lendo clique aqui
(só para assinantes da Folha)


...

domingo, 3 de agosto de 2008


...

Corrente para ajudar
os metrossexuais

Leia este artigo e mande para 20 amigos metrossexuais. ISTO É SÉRIO!!! A Corrente Para Ajudar os Metrossexuais nasceu em Pelotas, no Rio Grande do Sul, e hoje já atingiu mais de 24 países.

Kofi Annan citou esta carta em um de seus últimos discursos como presidente da ONU. Não envie dinheiro nem votos de saúde, paz ou felicidade. Apenas encaminhe estas palavras de apoio, fé e compreensão. Tudo bem. Se não tiver 20 amigos metrossexuais, mande para 20 conhecidos (as). Muitas pessoas por aí acham que não são, mas estão com o vírus incubado.

Repito: isto é MUITO SÉRIO!!!! Aqueles que sofrem há tempos com certos exageros da metrossexualidade, finalmente poderão enxergar a luz da salvação. Há provas concretas (e outras em madeira de lei) que atestam os milagres desta mensagem. A saber:

- O primeiro a perceber o poder deste texto, João Pereira Rosencratz Weimar, assim que mandou as mensagens, deixou de se depilar e nunca mais passou esmalte nas unhas. Hoje, ele é advogado de sucesso em Pelotas (RS) e abriu uma franquia em Campinas (SP). Isto parece piada velha. MAS É SÉRIO! É uma corrente de ajuda, não é essas besteiras que você recebe todos os dias pela Internet. Não prometemos dinheiro, amor ou a paz no mundo. Apenas queremos ajudar os metrossexuais. Se é que eles existem mesmo.

- David Beckham Terceiro, de Manchester, na Inglaterra, parou de comprar cremes para as rugas e nunca mais usou camisetas baby-look. Com o dinheiro que antes era desperdiçado no tratamento de beleza, ele abriu um pub e hoje é um alcoólatra, mas considerado “MM” (Macho de Manchester). Há uma petição pedindo um busto (peludo) do cara na praça principal do lugar.

Estes são pequenos, porém luminosos exemplos. ISTO É SÉRIO!!! Não mande dinheiro. Inclusive, temos o selo anti-spam e a aprovação da Sociedade Mundial de Correntes Imbecis.

Basta mandar para os amigos(as). Não há custo adicional. A criação desta corrente visa apenas ajudar as pessoas. Mas se você ler isto e não enviar pra ninguém, os efeitos podem ser devastadores.

Alexandre Frota Quarto, da dinastia dos Frota, leu e não mandou para os 20 companheiros (“Mas enviei para 18, pô! Que sacanagem…”, tentou se defender). Hoje, além de não gostar de futebol e malhar sete vezes por semana para ficar com o corpinho sarado, é apaixonado pelo Colin Farrell. Nada contra. Mas dificilmente o Colin Farrell dará bolas (ou qualquer outra coisa) para o sujeito.

Não desperdice seu tempo tentando achar alguma explicação lógica para isto. Porque ISTO É SÉRIO!!! Mande para os 20 amigos e pronto. Melhor prevenir do que remediar, não é?



...

sexta-feira, 1 de agosto de 2008